Tag Archives: london life

AS AVENTURAS DE VALENTINA

22 Mar

Boa noite pessoal! Meu nome é Valentina, tenho 1 ano e 9 meses e mamãe e papai dizem que eu sou a flor mais linda de todos os jardins ingleses. Embora eu seja uma plebéia, brasileirinha com sangue portuguesinho, minha beleza é digna das “terras reais” onde nossa família vive desde o fim de 2013, sou uma princesa de verdade (rs). É assim que eles me vêem, acho que a maioria dos pais enxergam seus filhos dessa maneira: com o olhar do coração.

Valentina nos JardHampton Courtins de Eu nos Jardins do Hampton Court Palace (England). Foto by Titia Mônica O’May.

Esse é meu primeiro post, mas muitos outros virão, nessa nova sessão do blog eu contarei minhas aventuras, viagens, passeios,  e mamãe e papai darão dicas das coisas mais divertidas que fazemos e dos lugarzinhos bacanas que visitamos para inspirarmos outros papais a levarem seus filhotes. Esperamos dar boas dicas, afinal  já tenho me aventurado bastante por aí,  e embora tudo “pareçam flores”, nem sempre  é fácil sair, passear, jantar fora e principalmente viajar com criança, é preciso muita estrutura para não faltar nada e para tudo ser o mais confortável possível, para os pequenos e para os grandões. Nossa ideia é facilitar a vida de vocês, porque mamãe e papai já erraram muito, coitados!

Bem então vamos lá amigos Girocoffee,  a partir de hoje quem comanda a nave AS AVENTURAS DA VALENTINA sou eu. Embarquem, acomodem-se em seus assentos e apertem os cintos porque já vamos decolar. Nossas primeiras aventuras serão em Londres, a cidade onde moramos atualmente, e nada mais gostoso do que uma convidada ilustre para começarmos. Vovó Bete chegou há 1 semana e já temos muitas histórias para contar. No próximo post vamos escrever sobre algumas das atrações da nossa cidade, e o que é adequado ou não para crianças. VAI SER MUITO DIVERTIDO! Aguardem!

Como ainda não posso tomar café, um beijo com gosto de leite quentinho para vocês!

Valentina

Advertisement

CHOREI DE SAUDADES

6 Feb

Terminei de tomar meu café da manhã há pouco e corri aqui para escrever sobre meu sentimento nessa manhã. Senti o cheiro do café e imediatamente meu cérebro se deslocou para a casa da minha mãe, para os almoços de domingo e o cafézinho que ela faz para nos agradar no começo da tarde, sempre preocupada se está bom, se está forte, se está “do nosso gosto”. CHOREI DE TANTA SAUDADE, pela primeira vez em toda a minha vida CHOREI  MUITO com o coração mais do que  apertado com uma SAUDADE extrema, como nunca senti, talvez pela ansiedade do reencontro.

Café com amor.

Café com amor

Só quem é exilado, “expatriado“, “exportado“, “emprestado“, ou qualquer outro “ado” que possa existir nessa vida consegue entender o que é essa sensação, parece que quando estamos fora os sentimentos se multiplicam em ordem exponencial. Temos viajado muito porque acho que nascemos com um certo “defeitinho nos genes”, uma tal de “rodinha nos pés” que nos dá uma  vontade monstruosa de desbravar mapas, conhecer novos lugares e culturas, voar feito passarinho livre… me lembro de ser assim desde criança (embora não viajássemos com frequencia, e quando isso acontecia o roteiro era sempre o mesmo: a praia) sempre amei viajar.

Em Boston, cidade que amamos!

Em Boston, cidade que amamos!

Às vezes ficamos 1 ou 2 meses longe da família, são sempre curtas temporadas, mas dessa vez é diferente, a “temporada” é um pouco mais longa, além disso hoje temos nossa pequena….Valentina abre os bracinhos para ABRAÇAR o computador quando vê a vó, os bisavós e os dindos,  e aí eu penso: “Ai meu Deus, tão pequenininha e ela também sente SAUDADES”… e com tudo isso nossos corações vão seguindo sempre apertadinhos, tentando colocar em dia as novidades familiares através da internet, mas sempre com a ausência física e  sem o calor do ABRAÇO.

Tenho tentado me segurar firme, é assim que caminho na maioria dos dias da minha vida, tentando ser sempre FORTE para lutar pelos pequenos e grandes desafios diários, mas hoje a “alma” fala mais alto, o cheiro do café me levou até meus amores, na minha terra “verde e amarela”, e  aproximou meu coração daquilo que mais prezamos na vida, nossa família e nossos amigos, aqueles que nos cercam com amor.

E se me perguntarem quais são as vantagens de morar em outro país, passarei dias enumerando uma série de boas razões, mas  a maior desvantagem de estar fora eu sei de cor, está  na ponta da língua e no coração: é a SAUDADE.

Então família e amigos BOTEM ÁGUA NESSE FEIJÃO, preparem o pó de café que a GENTE ESTÁ CHEGANDO! Garantia de fortes ABRAÇOS, boas risadas, e um tempo curto mas suficiente para MATAR UM POUQUINHO DESSA SAUDADE!

E para minha prima Tina, que está fazendo contagem regressiva para CHEGARMOS, um grande beijo, esse post é dedicado especialmente à vocês! AGORA FALTA POUCO!!!!

Café brasileiro, o melhor do mundo!

Café brasileiro, o melhor do mundo!

Bjos à todos e nos vemos nas terras “quentes” do BraZil.

Silvia

NOSSO CHÁ DE REALEZA NO RITZ EM LONDRES

23 Jan

Meu dia 19 de janeiro não poderia ter sido melhor, desde de que chegamos em Londres foi o DIA MAIS ENSOLARADO de todos, juro que não é conversa de pescador, quer dizer, de jornalista querendo “puxar a sardinha para seu lado” ou transformar seu post em algo atrativo e bacana. É VERDADE e eu tenho fotos para comprovar, ESTAVA UM DIA DESLUMBRANTE, e a família @GIROCOFFEE  já saiu cedo para aproveitar.

Pescadores no Rio TâmisaE por falar em pescadores olhem eles aí na foto em segundo plano, lá embaixo no Rio. Acreditem, essa era a paisagem do 19 de janeiro. Valentina vendo os meninos pescarem.

Para quem não sabe no último dia 19 foi meu aniversário, e também aniversário de casamento, domingo fez  6 anos que juntamos as escovas, os lençóis, as roupas no armário, parari e parará.. pela manhã saímos para tomar café fora e passear pelas margens do Tâmisa, ao lado de casa. Foi uma manhã linda, Ninoca se divertiu muito correndo pelas margens do Rio. Observamos os pescadores, as crianças, os cachorros, e agradecemos o SOL, ah um SOL maravilhoso que nos esquentou nessa linda manhã!

IMG_0634Por aqui é muito comum nesses dias mais bonitos ver o pessoal tomando café na frente do Rio. Existem vários restaurantes no nosso bairro com mesas e vista para as margens do Tâmisa.

IMG_0628                                 Meus amores caminhando.

IMG_0638 Nina e Papai ficaram um tempão ali, observando nossa ponte. Sim, para o nosso coração essa ponte é nossa (rs). 

O resto do dia e boa parte da tarde passamos em casa para descansar porque para a comemoração dupla Papai preparou uma SUPER NOITE para nós 3. Nós fomos tomar o CHÁ DA TARDE MAIS FAMOSO DE LONDRES, no HOTEL RITZ, isso mesmo, ele não só é o mais maravilhoso chá da cidade, acredito que do país, como é considerado um dos 10 melhores e mais famosos CHÁS do MUNDO.

Imaginem minha ansiedade para chegar lá. Dani reservou nossa mesa com muitos dias de antecedência, ainda assim só tinha um horário disponível, o das 19h30 (ou seja foi um chá da tarde meio jantar). Maridão certificou-se que poderíamos levar a Valentina e que eles teriam acomodação para ela e disponibilidade de nos receber com criança. Para tomar o Chá da Tarde do RITZ você precisa estar vestido à rigor, é um LUXO só, eles exigem que os homens estejam de terno e gravata, e jeans é terminantemente proibido para homens e mulheres;  não me perguntem se alguém for de jeans o que acontece, não sei e nem me arriscaria. Fiz as unhas, uma escovinha básica, me montei no salto alto, arrumei minha princesa e lá fomos nós.

Chá 1                                   Papai, Nina e eu saindo de casa.

Chegamos no Hotel e sem dúvida é o mais lindo que já entrei na vida, e com certeza o mais clássico e luxuoso de Londres, há um ar nostálgico de século passado, aliás, o Ritz de Londres tem mais de 100 anos e é impressionante como apesar das reformas eles conseguiram manter esse estilo tão tradicional, antigo e suntuoso que parece realmente nos “transportar” ao passado, no melhor sentido que isso pode ter… é tudo dourado estilo Luís XVI; a decoração, móveis, vitrais, lustres são de uma opulência sem igual,  os vasos,  as flores, as esculturas, é tudo simplesmente MARAVILHOSO, fiquei encantada logo ao atravessar a porta giratória da entrada.

Assim que chegamos nos direcionamos para o SALÃO DE CHÁ, onde nos solicitaram aguardar junto com nosso grupo que já estava no local e em poucos minutos já seríamos chamados. Enquanto isso podíamos guardar os casacos na chapelaria e escutar uma linda pianista que tocava um repertório que ia  de músicas clássicas a canções da trilogia do James Bond. Sensacional, Dani adorou! E para nossa surpresa vocês não vão acreditar em quem também AMOU as músicas,  e ficou quietinha sentada ao lado da pianista com os olhinhos vidrados nas teclas do instrumento, isso mesmo, nossa pequena Valentina (rs).

IMG_0643                        Entrada do SALÃO DE CHÁ DO RITZ.

Chá 3Eu e Nina caminhando em frente ao SALÃO DE CHÁ enquanto aguardávamos ser chamados. 

IMG_0639                                   Nina observando a pianista. 

IMG_0641                              Nina e A PIANISTA, paixão!!!

IMG_0644

IMG_0646                                                               Nina e Papai.

Amigos, vou dividir o post em 2 porque ele está muito longo.  No próximo vou focar nos chás, delícias e dicas para quem pretende conhecer essa maravilha em Londres. Mas só vou escrever amanhã porque já são 2 da manhã e provavelmente só terei 5 ou 6 horas de sono por hoje, hehehe. Não percam cenas do próximo capítulo, vou fazer igual o Walcyr Carrasco e guardar o melhor da novela para o dia seguinte, para dar mais ibope (rs).

Um beijo muito “cafeinado”, aliás muito “chafeinado” para os amigos da família @girocoffee.

Até amanhã queridos!!!

Silvia