Tag Archives: café

CAFÉ DEIXA VOCÊ MAIS BEM HUMORADO

23 Aug

Acabei de ler na Super Interessante e não dava para deixar de compartilhar com os amigos “cafeínados”:  uma pesquisa  reuniu 72 mulheres que tiveram de debater a eutanásia. Após ouvir os argumentos, todas beberam um suco com ou sem cafeína. A discussão continuou – e quem havia ingerido cafeína mudou de opinião mais rápido. Por duas razões: café deixa você mais bem-humorado e atento (se os argumentos fizerem sentido, é mais fácil mudar de ideia).

Nós nem precisávamos dessa pesquisa para ter certeza, não tem nada que nos deixa mais bem-humorados do que os momentos cafeínados da Família  Girocoffee.

Nós 3 felizes depois dos parabéns nos 3 aninhos da princesa e de um cafézinho delicioso para fechar a tarde linda no Castelo das Princesas. (Disney Paris/ Junho 2015)

Nós 3 felizes depois dos parabéns nos 3 aninhos da princesa e de um cafézinho delicioso para fechar a tarde linda no Castelo das Princesas. (Disney Paris/ Junho 2015)

Fontes:

Effects of Caffeine on Persuasion and Attitude Change: The Role of Secondary Tasks in Manipulating Systematic Message Processing. Pearl Martin. Universidade de Queensland.

CAFEÍNA E MUITAS DOSES DE ANTIOXIDANTE

18 Mar

Se a gente já tem o maravilhoso hábito de se “cafeinar” constantemente, imaginem agora com essa notícia: um estudo da Univesidade Federal do Rio de Janeiro, coordenado pelo Embrapa Café, explorou aspectos relacionados  à capacidade antioxidante do café, e a boa notícia é que o CAFÉZINHO, esse item indispensável na mesa dos brasileiros,  e tão apreciado por nós, tem muitos componentes antioxidantes.

Quando falamos em café é natural que as pessoas só consigam relacionar a bebida com a cafeína,  mas o que  não era de conhecimento geral até agora é que seus grãos  possuem apenas de 1% a 2,5 % de cafeína e muitos outros componentes em maior quantidade  como minerais, vitamina B3, polissacarídeos, gorduras, aminoácidos e antioxidantes, como os ácidos clorogênicos, substâncias naturais responsáveis por grande parte da atividade antioxidante do café.

Café e grãos

Foto:  Inhabitat

Segundo a professora e pesquisadora Adriana Farah, do Núcleo de Pesquisa em Café Professor Luiz Carlos Trugo – Nupecafé, que pertence ao Instituto de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, os ácidos clorogênicos pertencem à mesma classe dos antioxidantes do vinho e são comumente encontrados nos grãos verdes de café na proporção de 5% a 9%, dependendo da espécie, ou seja há nos grãozinhos da bebida quantidade de antioxidantes  três a cinco vezes maior que a cafeína.

Para quem não sabe  antioxidantes são considerados aliados da saúde e da qualidade de vida do ser humano por neutralizarem a ação dos radicais livres no organismo, prevenindo uma série de doenças. Um estudo realizado pela professora Adriana Farah com um  programa de pesquisa coordenado pela Embrapa Café, mostrou que o teor de ácidos clorogênicos na bebida, e consequentemente sua capacidade antioxidante, depende de uma série de fatores, tais como genética, processamento pós-colheita, método e grau de torrefação, tamanho das partículas do café moído e do método de preparo da bebida.

Plantação Café Fzenda Cachoeira. Sul de Minas. Foto: DoDesign. Fazenda Cachoeira no Sul de Minas Gerais.

A pesquisadora tem ótimos resultados  sobre a importância desses compostos na saúde humana e mostra que, mesmo após a perda resultante do processo de torrefação, os teores restantes são consideráveis e fazem com que o café seja um dos produtos responsáveis pela capacidade antioxidante na dieta do brasileiro.

Com essa notícia ficamos ainda mais animados, “cafeínados” e agora ainda mais saudáveis. Comemoramos com com café, é claro!

Saudações para todos os amigos Girocoffee!

Até a próxima!

Silvia e Daniel

Fonte: Embrapa

PAULO GOULART e o CAFÉ

14 Mar

Quando eu era pequena vira e mexe ouvia minha mãe dizer que Nicette Bruno e Paulo Goulart estiveram na padaria naquele dia, eles tinham um teatro no centro de São Paulo e quando estavam por ali davam uma passadinha na padoca da minha mãe para tomarem um café. Numa dessas vezes eu estava por lá, eu era pequena, isso faz pelo menos 20 anos, mas me lembro de um certo “alvoroço” e algumas pessoas pedindo autógrafos para o casal estrelado, eles eram sempre gentis, educados, e não poupavam  largos sorrisos nos lábios para receber os fãs.

O café de Nicette e Paulo ficou na minha memória de infância e há alguns anos, quando trabalhava na TV Globo, no Programa Mais Você,  tive oportunidade de entrevistá-los em São Paulo. Entre os inúmeros talentos do casal estava a arte da culinária, Paulo contava que aprendeu a cozinhar com a mãe, e a paixão do casal pela cozinha era tão grande que acabaram escrevendo juntos o livro Grandes Pratos e Pequenas Histórias de Amor.

Nunca me esqueci dessa reportagem, nossa equipe chegou no início da tarde no apartamento do casal, no bairro de Higienópolis. Nicette faria um “passo a passo” de uma receita de manjar. Nossa matéria era sobre o doce,  mas  a ideia principal era tentar mostrar um pouco o dia a dia dos 2 e revelar os cantinhos especiais da casa deles.  A porta foi aberta por Paulo Goulart, meu coração disparou, já havia entrevistado diversos outros “gigantes” da televisão brasileira mas para mim ele era o maior, estava marcado no coração como memória de infância.

Paulo nos apresentou seu lar enquanto Nicette estava às voltas com a receita, deixando tudo pronto para nossa gravação. O canto preferido do ator era a biblioteca, me identifiquei imediatamente e fizemos a entrevista com ele lá. Paulo nos contou sobre seu papel na novela, projetos para o teatro,  o segredo de manter um casamento feliz por tantos anos, e nos falou sobre as delícias de cozinhar. Na conversa informal contou sobre os filhos e o trabalho de cada um no teatro e na tv, sobre os netos, e principalmente sobre AMAR São Paulo e  preferir seu refúgio paulistano, embora eles passassem boa parte do ano no Rio de Janeiro por conta das gravações.

paulo GoulartCrédito: Imagem Carlos Geilson

Mostramos a receita, entrevistamos Nicette e antes de irmos embora mais uma agradável surpresa, um dos filhos do casal, o também ator Paulo Goulart Filho, chegou para o café da tarde. Os atores não permitiram que nossa equipe fosse embora  sem tomarmos um cafézinho, comemos o doce feito por Nicette e degustamos um delicioso café preparado com todo o carinho para nós. Minha despedida do ator foi com um abraço muito apertado, como se realmente nos conhecêssemos há anos. Saí daquela casa com o coração abastecido de histórias de amor.

Ontem chorei quando li a notícia da morte de Paulo Goulart, chorei com o coração partido, como inúmeros corações brasileiros choram hoje. GRANDE HUMANO, GRANDE PAI DE FAMÍLIA, GRANDE ATOR. Paulo não era só GRANDE, ele era GIGANTE em sua essência e generosidade, é assim que todos o descrevem. Sua família estava presente na hora de sua partida, filhos, netos; e sua esposa Nicette segurava suas mãos. Partiu da mesma forma que construiu sua vida: cercado de AMOR.

No dia de hoje certamente o CÉU deve estar em festa pela chegada de Paulo Goulart, e agora é entre as estrelas que ele brilha,  será nos palcos “lá de cima” que será grandioso, tão grande quanto foi nessa terra, grande o suficiente para fazer diferença no mundo, na arte brasileira, no coração de milhões de fãs, e principalmente na vida de sua família, amigos e aqueles que tiveram o privilégio de conviver com ele. VÁ EM PAZ grande PAULO, aqui faço minha pequena homenagem, com lembranças de um delicioso café, numa tarde cinzenta da nossa amada Sampa, e com  um abraço apertado de despedida. Que todos os anjos do céu te recebam de braços abertos. AMÉM!

Paulo GoulartCrédito: Imagem Jovem Pan

SILVIA