Archive | GIROSTYLE RSS feed for this section

DIA DOS PAIS NA INGLATERRA

21 Jun

Ela é fruto de um amor imenso, é a concretização de um sonho e do desejo dos nossos corações. Foi ELA que transformou ELE em PAI, um pai amoroso, dedicado, presente, o melhor pai que poderia existir nessa vida para a Valentina,  e ela retribui o amando de uma forma tão especial, que ouso dizer que é coisa de outras vidas, se elas existirem. Dizem as “boas línguas”, que lá no céu quando ela nasceu, havia uma conjuntura de estrelas e planetas que os uniram por toda a vida, são unha e carne, serão sempre cúmplices e grandes amigos, um amor que transcende. Ele merece tudo isso, pela dedicação, pelo amor, por ser um PAI desses com P maiúsculo.

Agradeço todos os dias aos céus por tê-lo encontrado 13 anos atrás, por nos reconhecermos e nos  escolhermos, por não desistirmos do nosso amor mesmo diante de tantos desafios, por termos desejado e planejado a chegada da Valentina e por ela ter nos escolhido como pais. Somos 3 almas unidas que caminham juntinhas e abraçadas pelas estradas dessa vida.  Bem além de laços de sangue, eles formaram nessa existência laços de coração e de alma. Obrigada Papai do Céu por esse Pai maravilhoso que o Senhor permitiu que minha filhinha tivesse, ELA o merece, ELE  a merece.

HOJE É DIA DOS PAIS AQUI NA INGLATERRA.

FELIZ DIA DOS PAIS AMOR DAS NOSSAS VIDAS, VOLTA LOGO PRA CASA PORQUE TEM MUITA COMEMORAÇÃO AQUI ESPERANDO POR VOCÊ!

PARABÉNS A TODOS OS PAPAIS QUE HONRAM E DIGNIFICAM O TÍTULO DE SER PAI!

DSCN4119

IMG_1817

Vendo as vistas sempre juntos

Vendo as vistas sempre juntos

IMG_2182

IMG_0533

Sempre juntinhos, remando, brincando, viajando.

IMG_1851

IMG_1275

IMG_1142

IMG_1281

O TEMPO

11 Jun

Saudades deixou de ser uma palavra sem sentido para mim e virou o maior sentimento da minha atual realidade, saudades da família, dos amigos, de tudo aquilo que tem valor e que está do outro lado do oceano. Hoje fui convidada para fazer parte de um grupo de amigos do colégio no Facebook, formandos de 1995 e 1998…. lá se vão 20 anos num piscar de olhos. Percebi que mais difícil que ter saudades de alguém que está longe é ter saudade daquilo que não podemos mais viver, porque o que nos divide entre hoje e o ontem não é só um oceano, mas o TEMPO.

A vida e o Tempo

A vida e o Tempo

Olhei cada rosto e fiquei lembrando nomes, histórias, me perguntando porque não fiz conecções com muitas pessoas que revi naquelas fotos, e porque perdi algumas delas ao longo dos anos, do caminho, pessoas tão importantes na minha época de colégio. Tive saudades do que vivi e daquilo que não vivi também.  A vida pessoal, o trabalho muitas vezes avassalador, a busca pelo crescimento profissional, o trânsito, o cansaço… são tantas desculpas que nos damos para não dedicarmos nosso tempo ao que realmente importa.

A vida vai passando, e quase como num passe de mágica deixamos de ser aquele garotinho, garotinha do colégio, naquele tempo que éramos, ou pelo menos poderíamos ter sido tão mais felizes. Um tempo sem tantas responsabilidades, um tempo onde era possível viver só de sonhos, de festas e alegrias.

Hoje depois de dar banho na minha filhinha deitei com ela na cama, cantei muitas musiquinhas, olhamos o céu pela janela, conversamos sobre o mar, sobre o castelo onde mora a “Queen”, sobre o relógio que vimos na igreja… sem ter pressa de voltar ao computador, sem querer que ela dormisse logo para eu voltar ao trabalho que anda tão atrasado, pelo acúmulo de viagens, de afazeres, de responsabilidades. Eu quis congelar o TEMPO, naquele frame de felicidade, naquele segundo tão especial, mas tão especial que dá vontade de bater na porta de Deus com um ramo de flores na mão, um cartão de agradecimento e uma caixa de chocolates.

Cozumel - México

Vista do Mar

Rever as fotos dos amigos do colégio me fez refletir:  Por que não procurei alguns deles, por que não fui aos reencontros da turma, por que deixei que a correria do dia a dia me engolisse? O TEMPO é das coisas mais preciosas que possuímos nessa vida, dedicá-lo ao que realmente é importante é um exercício bastante complicado, muitas vezes precisamos crescer e adquirir sabedoria, ou até passar por problemas graves,  para valorizá-lo. Pergunte a alguém com uma doença sem cura ou a uma pessoa muito idosa o que ela mais deseja na vida, certamente ela responderá que gostaria de mais TEMPO.

As mudanças são para ontem, vamos tratar já de dedicar nosso precioso TEMPO ao que realmente vale a pena, ao que tem valor, ao que faz o nosso coração pulsar.

          “FOI O TEMPO QUE DEDICASTE À TUA ROSA, QUE FEZ TUA ROSA TÃO IMPORTANTE” (Pequeno Príncipe)

HOMENAGEM PARA MINHAS MÃES

8 May

Sinto falta, tanta falta das minhas MÃES, digo MÃES porque tenho duas, a que me deu a luz e me criou com todo o amor e sacrifício do mundo,  e a que não me deu a luz, mas nunca me deixou ver a escuridão nessa vida, minha avó materna. Quero ser breve porque o tamanho do meu amor não tem limite, e da minha disponibilidade para escrever também não, então prometi a mim mesma, em função da falta de tempo por causa do trabalho, que será uma breve homenagem.

Hoje pela manhã, como de costume me inspiro olhando a paisagem na janela e tomando minha primeira xícara de espresso. Comecei a pensar na minha linhagem, que família de mulheres fortes,  lembrei das minhas mães e um filme de suas vidas passou na minha mente, minhas lágrimas caíram quando lembrei sobre os sacrifícios que minha mãe fez para criar 2 filhos sozinha. Recordei os inúmeros anos que ela acordava antes das 4 da manhã e saía de casa ainda de madrugada para conquistar o pão nosso de cada dia.

Eu e mamãe

Eu e mamãe

Me lembrei de tantos almoços de Natal que não passamos juntos porque ela precisava trabalhar no comércio. Lembro na véspera do reveillon, ela correndo para não perder o metrô, e ainda dar tempo de abrir a champagne em casa, com a família. Uma vida pautada de forma digna, honesta e cheia de amor. Minha mãe sacrificou-se para nos dar o melhor, e nos deu.

Sobre minha avó faltam palavras, sobram emoções. Nada descreve a relação que tenho com ela, dizem as “más línguas” (rs), que eu sou sua cópia, ela brinca que é porque somos as duas capricornianas. Em uma fase da adolescência e início da idade adulta brigávamos muito, ela queria me controlar e eu sou indomável, queria me moldar às tradições portuguesas, e eu mandava às tradições às favas e tentava me encaixar  na minha própria personalidade, da melhor maneira possível. Éramos 2 carneiros batendo os chifres e disputando quem era o mais forte. Ganhei meu espaço, conquistei meu mundo, e as brigas deram lugar à admiração e respeito.

3 gerações: Bibi Silvinha, eu e filhota Valentina

3 gerações: Bibi Silvinha, eu e filhota Valentina

Minha avó tem toda minha devoção pela mulher inigualável que ela é, não vem ao caso sua vida difícil, suas perdas irreparáveis e os sofrimentos pelos quais ela já passou, entre todos o maior deles, de perder um filho na flor da idade, mas o que enalteço hoje,  além de sua inegável força, é sua forma otimista de ver a vida. Nunca vi minha avó esmorecer, já a vi chorar inúmeras vezes, mas ela seca as lágrimas, com seu lencinho de pano que fica bolso do aventalzinho português, e segue sempre em frente.

Ela é uma das pessoas mais resilientes que já conheci na vida,  uma mulher que nasceu para o trabalho mas que nunca deixou de cuidar, prover e amar sua família. Criou 2 filhos, ajudou a criar 6 netos, e ainda hoje se não estivesse com 90 anos tenho certeza que criaria alguns bisnetinhos também. Elas são meu SOL, minha LUZ, são meus exemplos de vida.  Elas criaram um lar onde me sinto amada, onde a família que construi é acolhida, o lugar de onde sentimos muitas saudades.  São a Vovó e Bibi amadas que não saem das conversas e canções da minha pequena Valentina (quando ela está com saudade da Bibi canta: “lá em cima está o tiro liro liro cá embaixo está o tiro liro ló”).

Essa dupla de MÃES me deu as 4 maiores heranças que se podem deixar para um filho nessa vida: lições de CARÁTER, HONESTIDADE, FORÇA e AMOR. Feliz DIA DAS MÃES nossos amores! Que a vida seja generosa e nos proporcione sempre lindos e felizes reencontros.

Feliz Dia das Mães para todas as mãezinhas nesse mundo que fazem jus à dadiva de receberem esse título!

Silvia