Archive | GIROMILK RSS feed for this section

CAFÉ DEIXA VOCÊ MAIS BEM HUMORADO

23 Aug

Acabei de ler na Super Interessante e não dava para deixar de compartilhar com os amigos “cafeínados”:  uma pesquisa  reuniu 72 mulheres que tiveram de debater a eutanásia. Após ouvir os argumentos, todas beberam um suco com ou sem cafeína. A discussão continuou – e quem havia ingerido cafeína mudou de opinião mais rápido. Por duas razões: café deixa você mais bem-humorado e atento (se os argumentos fizerem sentido, é mais fácil mudar de ideia).

Nós nem precisávamos dessa pesquisa para ter certeza, não tem nada que nos deixa mais bem-humorados do que os momentos cafeínados da Família  Girocoffee.

Nós 3 felizes depois dos parabéns nos 3 aninhos da princesa e de um cafézinho delicioso para fechar a tarde linda no Castelo das Princesas. (Disney Paris/ Junho 2015)

Nós 3 felizes depois dos parabéns nos 3 aninhos da princesa e de um cafézinho delicioso para fechar a tarde linda no Castelo das Princesas. (Disney Paris/ Junho 2015)

Fontes:

Effects of Caffeine on Persuasion and Attitude Change: The Role of Secondary Tasks in Manipulating Systematic Message Processing. Pearl Martin. Universidade de Queensland.

Advertisements

DIA DOS PAIS NA INGLATERRA

21 Jun

Ela é fruto de um amor imenso, é a concretização de um sonho e do desejo dos nossos corações. Foi ELA que transformou ELE em PAI, um pai amoroso, dedicado, presente, o melhor pai que poderia existir nessa vida para a Valentina,  e ela retribui o amando de uma forma tão especial, que ouso dizer que é coisa de outras vidas, se elas existirem. Dizem as “boas línguas”, que lá no céu quando ela nasceu, havia uma conjuntura de estrelas e planetas que os uniram por toda a vida, são unha e carne, serão sempre cúmplices e grandes amigos, um amor que transcende. Ele merece tudo isso, pela dedicação, pelo amor, por ser um PAI desses com P maiúsculo.

Agradeço todos os dias aos céus por tê-lo encontrado 13 anos atrás, por nos reconhecermos e nos  escolhermos, por não desistirmos do nosso amor mesmo diante de tantos desafios, por termos desejado e planejado a chegada da Valentina e por ela ter nos escolhido como pais. Somos 3 almas unidas que caminham juntinhas e abraçadas pelas estradas dessa vida.  Bem além de laços de sangue, eles formaram nessa existência laços de coração e de alma. Obrigada Papai do Céu por esse Pai maravilhoso que o Senhor permitiu que minha filhinha tivesse, ELA o merece, ELE  a merece.

HOJE É DIA DOS PAIS AQUI NA INGLATERRA.

FELIZ DIA DOS PAIS AMOR DAS NOSSAS VIDAS, VOLTA LOGO PRA CASA PORQUE TEM MUITA COMEMORAÇÃO AQUI ESPERANDO POR VOCÊ!

PARABÉNS A TODOS OS PAPAIS QUE HONRAM E DIGNIFICAM O TÍTULO DE SER PAI!

DSCN4119

IMG_1817

Vendo as vistas sempre juntos

Vendo as vistas sempre juntos

IMG_2182

IMG_0533

Sempre juntinhos, remando, brincando, viajando.

IMG_1851

IMG_1275

IMG_1142

IMG_1281

VIAJAR VALE A VIDA

22 Apr

Quem conhece a família Girocoffee sabe que ser “viajante de alma” faz parte do nosso DNA, e nessas idas e vindas, vamos rodando o Globo “devagarzinho”, apreciando paisagens, fazendo pausas para tomar café e ver o pôr do sol, experimentando comidas típicas, visitando novos museus, novas culturas, novas alegrias, novos aprendizados.

Família Girocoffee

Acreditamos que viagem boa é montada em uma tríade: acomodação, passeios e gastronomia. Não gostamos de viagens curtas ou mega corridas, tipo: “percorra 5 países e conheça a Europa em 12 dias”, dessa forma é possível tirar fotos nos pontos turísticos mas não se conhece bem as cidades desse jeito. Respeitamos quem faça viagens assim, excursões, etc… cada um tem suas motivações, suas oportunidades, e viajar é sempre incrível, mas gostamos muito de ter mais tempo para apreciar o lugar.

Gostamos de observar as pessoas na rua, conhecer um pouco do costume local, das comidinhas, modo de viver, ter tempo de experimentar uma bebida em um lugar especial, visitar um parque sem pressa, um ponto turístico sem hora marcada para estar em outro ponto da cidade. Gostamos da liberdade de ir e vir da forma que desejarmos, gostamos de VIVER e de SENTIR aquele lugar.

Paisagens de Madrid

Paisagens de Madrid

Fizemos isso ontem em Madrid, saímos sem destino porque queríamos explorar o centro, e nas nossas andanças encontramos uma lojinha linda de decoração e antiguidades, um restaurante sensacional que nos proporcionou um dos melhores almoços da viagem, a mais linda casa de pães artesanais que já vi na Europa, entramos em uma linda igreja que não estava no roteiro, e tiramos fotos lindas da Valentina.

Lojinha de decoração no centro de Madrid.

Lojinha de decoração no centro de Madrid.

No fim do dia nossa pequena chegou no Hotel e fez sua primeira oração sozinha, sem pedirmos, sem ser estimulada, nada, juntou as mãozinhas e sozinha rezou: “Papai do Céu, muito obrigada pelo dia de hoje….” eu me emocionei, sei que foi a visita na igreja, levei ela no altar, contei a história de Jesus, disse que ele é o filho de Papai do Céu, assim como nós. Ela guardou na memória, lembrou, e na hora de dormir agradeceu Papai do Céu, tudo bem que ela falou obrigada pelo “cake”, pelo chocolate, e várias outras gostosuras que ela comeu nesses últimos dias, mas valeu. Valeu o dia, valeram as experiências, o que vimos e sentimos, valeu por tudo. VIAJAR VALE A VIDA.

Lindo altar

Lindo altar

E assim tem sido nossas viagens nos últimos anos, nossos guias somos nós mesmos, nossa intuição, uma ou outra indicação de amigos, um pouco das experiências divididas na internet, em blogs como o nosso, impessoais, sem intenção de nada, apenas de compartilhar as vivências nas estradas. Confesso que o Santo Protetor dos Bons Viajantes tem nos acompanhado sempre, temos feito boas escolhas de hotéis, roteiros, restaurantes etc… e apesar da falta de tempo, vamos tentar dividir algumas coisas aqui com vocês. Afinal de contas, as dicas de outros viajantes também tem sido valiosas para nós, e o que a gente divide nessa vida, a gente multiplica, isso é o que vale.

Companheira de aventuras

Companheira de aventuras

Olho por esses caminhos que temos percorrido e fico me perguntando sobre o que a Valentina está absorvendo e sente de tudo isso, e desejo que um dia, mais velha, quando alguém lhe perguntar o que os pais dela lhe deixarão como herança ela tenha a resposta na ponta da língua ou dentro do coração: “Meus pais investiram em me proporcionar o conhecimento das estradas da vida, eles me ensinaram a apreciar o que é diferente daquilo que eu conheço, a não ter preconceito, a respeitar o outro, sabendo que nesse mundo, por mais diferentes que sejamos uns dos outros, fisicamente, em nossas culturas, nosso habitat, nossas línguas, no fundo somos todos iguais, somos irmãos.”

Amém!

Que venham as novas aventuras e estradas, e que tenhamos saúde e disposição para percorrê-las .

Hasta Luego Amigo!

Silvia Lourenço

ENXOVAL DO BEBÊ NO EXTERIOR – PARTE 1

11 Aug

Uma amiga me pediu dicas de NY para fazer o enxoval do seu bebê, já escrevi  sobre esse assunto outras vezes  para diversas amigas, então aproveitando a oportunidade,  o Girocoffee vai ganhar uma versão especial com uma série  de matérias sobre como ter uma viagem bacana para fazer o enxoval do bebê em NEW YORK, MIAMI, ORLANDO E BUENOS AIRES.

Valentina teve um enxoval made in TODOS ESSES LUGARES, isso porque para VIAJANTES de ALMA como nós, tudo é motivo para carimbar passaporte (rs). Na verdade estivemos em Orlando e Miami exclusivamente para o enxoval da pequena, mas viajei para os outros lugares por outros motivos e acabei comprando muitas coisinhas para ela também.

Enxoval em Buenos Aires

Enxoval de bebê em Buenos Aires, eu na porta do Hotel, depois de um dia de compras com a amiga

Quando engravidei fizemos as contas de quanto custaria fazer o enxoval completo no Brasil em comparação aos EUA, e é óbvio que apesar dos preços altíssimos das roupas e artigos infantis no nosso país, se for contar passagens, hospedagens, aluguel de carro, comida, passeios, talvez saísse mais barato fazer o enxoval em “casa”… mas quem resiste a uma temporadinha fora e a oportunidade de comprar as coisinhas mais lindas do mundo para a herdeira? Lá fomos nós.

Então meninas apertem os cintos, vamos decolar em direção ao MUNDO ENCANTADO DAS ROUPINHAS, FRALDINHAS, MAMADEIRAS E CARRINHOS DE BEBÊS. Nos encontramos hoje e nos próximos capítulos dessa aventura.

PRIMEIRA PARTE: A PROGRAMAÇÃO

TEMPO DE GESTAÇÃO PARA VIAJAR: Desde que você já saiba o sexo da criança,  o ideal é viajar entre 3 e 6 meses, primeiro porque nessa época estamos mais dispostas, no terceiro trimestre da gravidez ficamos lentas, mais cansadas e os roteiros de compras são muito desgastantes. Também tem a questão das viagens de avião, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) libera viagens para gestantes até o final do 6º mês, depois disso só com atestado médico.

DICA FAMÍLIA GIROCOFFEE: Leve atestado médico comprovando em que semana de gestação você está e que está bem de saúde para viajar, eles não costumam pedir mas vai que alguém da cia resolve achar que sua barriga está muito grande, ou qualquer outro motivo que possa gerar algum transtorno, em todas as viagens de avião que eu fiz durante minha gravidez eu sempre levei um atestado.  Se for aos EUA não esqueça de pedir para seu obstetra uma versão em inglês.

Dani, eu e Valentina com 5 meses na barriguinha da mamãe

Dani, eu e Valentina com 5 meses na barriguinha da mamãe (Orlando/EUA)

ONDE FAZER O ENXOVAL?  Falaremos de 4 destinos nos próximos dias:  Buenos Aires é o mais perto, tem coisas lindas, são mais baratas que no Brasil especialmente por causa do câmbio, mas ainda assim eu achei os preços das roupinhas superiores aos dos EUA, especialmente nas marcas americanas, como a famosa Carter’s, que também é possível encontrar em lojas argentinas. De qualquer forma é um destino mais barato e eu acho que vale muito a pena, não só pelas compras mas pela viagem em si, eu adoro Buenos Aires!

Enxoval de bebê em Buenos Aires (Imagem: Silvia Lourenço)

Enxoval de bebê em Buenos Aires (Imagem: Silvia Lourenço)

Se você optar pelos EUA eu gosto mais de NY, embora de modo geral em Miami e Orlando os itens sejam bem mais baratos principalmente por causa do imposto, que em NY é maior. Em Miami e Orlando você também  vai encontrar lojas muito especializadas em enxovais de bebês. Por conta da avalanche de brasileiros que tem ido para essas cidades,  em determinados lugares existem atendentes que falam português,  além disso quem quiser pode contratar uma consultoria de enxoval, eu acho desnecessário, mas os serviços existem, e muita gente contrata porque não sabe nem por onde começar (eu também não sabia).

Minha cidade preferida para o enxoval de bebê. I LOVE NY! (Imagem: Silvia Lourenço)

Minha cidade preferida para o enxoval de bebê. I LOVE NY! (Imagem: Silvia Lourenço)

VÔO: Dependendo do destino e de onde você estiver tente comprar um vôo direto, às vezes a diferença de preço vale pelo comodismo e tranquilidade.  Imagine você grávida tendo que parar, pegar malas, esperar outro vôo, reembarcar… Quando eu estava esperando a Valentina peguei um vôo internacional com escala, transtorno sem fim. Evite estresse extra e desnecessário.

Se viajar na classe econômica tente sentar na primeira fileira que é reservada para idosos, gestantes e mães com bebês, existe mais espaço para as pernas e é mais confortável, mas é preciso chegar cedo no check in para conseguir lugar.  Nos EUA mulheres grávidas não tem preferência nas filas, por isso para tentar lugares na primeira fileira,  se for possível faça o check in online, se não for chegue cedo no aeroporto para tentar garantir um bom assento.

Se tiver alguma restrição alimentar avise na hora de fazer a reserva. Não se esqueça das meias elásticas, elas são horrorosas mas são muito úteis,  ajudam demais na circulação do sangue e no conforto geral da viagem. Eu levantava a cada 2 horas para caminhar pelo avião, alivia as costas e melhora a circulação das pernas.

Viagem de avião. (Imagem blog Dublin para brasileiros)

Viagem de avião. (Imagem blog Dublin para brasileiros)

DINHEIRO, CARTÃO DE CRÉDITO OU TRAVEL MONEY

DINHEIRO: Eu sou fã de “cash na mão”, mas não gosto de viajar com muito dinheiro pelo perigo de perder ou ser roubada… sempre viajo com uma quantia razoável para emergências, pagar táxi, gorjetas, e para um pouco de compras também.

CARTÃO DE CRÉDITO: Para a maioria é a melhor opção, tem várias vantagens mas eu particularmente não gosto muito de usar cartão de crédito nas viagens. As vantagens são dividir as compras em parcelas, pagar bem depois das compras, poder gastar mais etc… mas é preciso se atentar para a taxa de câmbio no dia que fizerem a conversão do cartão, você pode dar sorte e a taxa estar mais baixa do que quando você comprou, ou estar bem mais alta. De qualquer forma o cartão é necessário, os hotéis pedem como garantia, a locadora de automóveis também, e numa emergência os gastos com as compras vão para o cartão de crédito, é claro. Você também pode fazer saques de dinheiro no exterior com cartão de crédito, mas paga taxa, então é preciso avaliar se vale levar dinheiro ou sacar no país da viagem.

CARTÕES PRÉ-PAGOS ou TRAVEL MONEY: Sempre gostei de viajar com cartões Travel Money que são cartões pré-pagos que você abastece com valor  no Brasil (no caso dos EUA você abastece com dólar, para a Inglaterra você abastece com libras esterlinas e assim por diante), e vai pagando suas compras à vista com ele. Eu acho prático e para mim é uma boa forma de controlar o dinheiro, além disso tem seguro, se você perder o cartão é só bloqueá-lo imediatamente, diferente do dinheiro, que se perder, perdeu.  DICA FAMÍLIA GIROCOFFEE: No Brasil há anos fazemos troca de câmbio com a Cotação On Time www.cotacaoontime.com.br , gosto muito do serviço deles.

Cartão Travel Money

Cartão Travel Money

SEGURO SAÚDE: Eu acho que é  OBRIGATÓRIO fazer um seguro saúde para viajar quando estamos grávidas,  né meninas?!? Já pensou acontecer qualquer emergência em outro país? Aliás eu nunca viajei sem seguro saúde, a não ser que você tenha um seguro internacional que cubra o país que vai visitar, se não tiver eu acho primordial. Se você viaja muito pode valer mais a pena ter um seguro de viagens anual. Consulte seu agente ou uma agência de viagens.

O QUE LEVAR NA MALA:

SACOS A VÁCUO: Sabem aqueles sacos a vácuo que diminuem o volume das roupas? Foram eles que nos salvaram no enxoval da Valentina, se não fossem os sacos não caberia tudo nas malas. Comprei nos EUA, no supermercado, mas se você já tiver ou preferir levar do Brasil melhor, assim não perde tempo procurando. É importante comprar diversos tamanhos, eu comprei os que o ar são puxados pelo aspirador de pó, é só pedir no Hotel que eles sempre tem um aspirador disponível para emprestar para os hóspedes. Conheço gente que comprou mini aspirador, mas não precisa.

Sacos a vácuo

Sacos a vácuo (Imagem: Personal Assistant)

PLÁSTICO BOLHA: Esse é um item que não pode faltar na mala, sempre vão ter coisas que você vai querer embrulhar bem para não quebrar, como a babá eletrônica por exemplo, quando viajo já vou com plástico bolha dentro das malas para facilitar minha vida na hora de voltar, inclusive para embrulhar garrafas de vinho, champagne, azeites (adoro comprar essas coisinhas por aí).

BALANÇA PARA AS MALAS: Se você for como eu, em todas as viagens vai voltar com as bagagens abarrotadas. Já passamos muito sufoco sem saber quanto elas estavam pesando e tendo que reorganizar mala no meio do aeroporto, já pensou todo mundo vendo suas calcinhas, meias, e todas suas “parafernalhas”?  Pois é, cena ridícula né, já passei por isso e não aconselho, ainda mais grávida.

Esse é o modelo da nossa balancinha, usamos ela há 5 anos e ainda não quebrou.

Esse é o modelo da nossa balancinha, usamos ela há 5 anos e ainda não quebrou.

Depois que descobrimos a balancinha de malas nos tornamos seres viajantes mais felizes e menos estressados. Esse é um acessório indispensável na hora de fazer enxoval do bebê,  e é uma forma de ir fechando as malas conforme elas vão chegando no limite. O Dani comprou a nossa em algum aeroporto da “vida”, não sei qual, mas tem para vender em tudo quanto é aeroporto, tenho visto muitas. Pode apostar que esse “acessório” vai fazer toda a diferença na sua viagem.

Bem amigos, vamos ficando por aqui,  nossa próxima parada será em NEW YORK, com as dicas das lojas, do que comprei em cada uma delas e  paradinhas para o café.

ATÉ LÁ!

Silvia Lourenço

 

 

 

PARQUE DA PEPPA PIG NA INGLATERRA

2 Jul

Essa semana contamos aqui no blog porque gostamos tanto do cartoon britânico Peppa Pig e porque ele é sucesso no mundo todo, sendo transmitido em 180 países e tendo virado febre no Brasil desde que desembarcou em terras verde e amarelas,  há pouco mais de 1 ano. Para quem ainda não conhece, a Peppa  nasceu há 10 anos, é uma pequena porquinha que vive com seus pais e seu irmão mais novo, George. O desenho é super educativo e transmite mensagens positivas através das questões do cotidiano e da convivência da família.  

Peppa e George

Peppa e George

Para quem ainda não sabe na Inglaterra existe um Parque da Peppa Pig, que fica a 1 hora e meia de Londres e foi vencedor do Traveller’s Choice em 2013, e não é para menos, o parque é lindo, cheio de atrações para as crianças e super estruturado, uma opção de passeio maravilhosa para as famílias e turistas  aqui na Terra da Rainha, ainda mais para quem é fã do cartoon. O Peppa Pig World fica dentro de um outro parque,  o Paultons Park que tem atrações para crianças e adultos, eles são interligados, então você entra pelo Paultons e tem acesso ao Peppa, mas pode usufruir dos dois durante todo o dia pagando um bilhete só.

Mapa Parque Peppa Pig

Mapa Parque Peppa Pig

Logo que chegamos nos chamou atenção  uma área com animais de várias espécies como flamingos, garças, suricatas, entre vários outros,  é como um mini zoológico, cada um tem seu espaço com informações sobre os bichinhos, origem, o que comem etc… eu adorei, as crianças amam ver os animaizinhos ali ao vivo, e tê-los no Parque de diversões nos surpreendeu bastante. Também adoramos as áreas verdes presentes em todo o Parque, uma delícia para as crianças correrem e para fazer piqueniques.

Aliás uma dica super valiosa é exatamente essa, na Europa e especialmente na Inglaterra as pessoas amam fazer piqueniques, os ingleses são realmente mestres nisso, nas lojas de departamentos existem kits com cesta, toalhas e talheres para os “encontros” ao ar livre, então se o dia estiver bonito aproveitem. Para quem prefere praticidade não tem problema, o parque tem várias lanchonetes, cafeterias e sorveterias espalhadas por toda sua extensão, ninguém vai passar fome por lá.

Outra coisa que achamos super legal é o aluguel dos stollers em formatos de carrinhos infantis para passear pelo parque, se você não quiser levar o carrinho da criança pode alugar um desses que leva 1 ou 2 pequeninos, uma forma fácil de transportar os pequenos quando estiverem cansados, e ao mesmo tempo é divertido para eles. Mas para quem preferir seu próprio carrinho não tem problema, em cada entrada dos brinquedos os pais fazem uma espécie de estacionamento de stroller.

As atrações são diversificadas e a maioria são para crianças pequenas acompanhadas de adultos, o que transforma o passeio  muito mais divertido. Eles poderão conhecer o dinossauro do George, o trem e o barco do Vovô Pig, o balão da Peppa, o carro do Papai Pig, o helicóptero da Miss Rabbit entre diversos outros, no site do parque é possível visualizar informações de cada atração, inclusive altura mínima para entrar em cada brinquedo. Há também um playground com acqua play dentro do Parque, acho que Valentina se divertiu mais lá do que em alguns brinquedos. Outro espaço que adoramos é a piscina com shows dos pinguins, uma graça, é preciso verificar os horários de apresentações.

Papai Dani Pig e sua filhotinha Nina Pig

Papai Dani Pig e sua filhotinha Nina Pig

COMO CHEGAR: Como moramos em Londres fomos de carro e decidimos ir e voltar no mesmo dia, mas para quem curte parques de diversões  pode ficar hospedado próximo ao Paultons e visitar os parques por 2 dias,  tem atrações suficientes para as crianças e os grandões. Para chegar de carro no Parque é muito fácil (guiado pelo GPS), mas também fiz  uma simulação com nosso endereço pelo Google Maps indo de transporte público. Você pode simular seu roteiro, a partir do endereço que for sair de Londres ou de outra cidade através desse link disponível no site: http://www.theaa.com/route-planner/index.jsp

DESCONTOS NOS TICHETS: Se você comprar os tickets com antecedência consegue descontos. Compramos direto pelo site, imprimimos os vouchers e levamos no dia. É  muito simples: https://paultonspark.co.uk/tickets/buy

ENTRADA VIP: Ah e uma dica bacana para os super fãs da família Peppa é o PASSE VIP para conhecer os personagens pessoalmente e entrar no Parque antes que ele abra, entre 9 e 10 da manhã, nesse período as crianças poderão usufruir de uma área de recreação específica para cada idade e ainda encontrar os personagens para interagir e fotografar. Mas atenção, essa opção não está disponível todos os dias e é claro, tem uma taxa extra, para crianças acima de 3 anos por exemplo o custo adicional é de 18,50 pounds, ou seja quase R$ 80,00 a mais. Informações no link: http://peppapigworld.co.uk/oink/2014/02/37/peppa-s-early-play-ride-pass

Ah e a informação final é: Chequem no site as datas que o Parque está aberto e horário de funcionamento, no inverno eles não abrem  e mesmo no verão eles costumam fechar  no máximo às 17h30, então cheguem cedo para aproveitar. Vale a pena!

Informações gerais do Parque: http://www.peppapigworld.co.uk

Amigos, hoje ficamos por aqui e esperamos que vocês tenham gostado da nossa aventura no Parque da Peppa Pig, e é claro, que sirva como dica para quem mora na Inglaterra ou eventualmente esteja passando férias na terra da Rainha.

Um beijo muito especial para os amigos da família Girocoffee, e ÓINK ÓINK para todos vocês!

FAMÍLIA GIROCOFFEE

LIÇÕES DE VIDA DA PEPPA PIG

29 Jun

Qual a mamãe ou o papai de crianças entre 0 e 5 anos, talvez um pouco mais, que não conhece a Peppa Pig? Quase impossível. A porquinha rosa mais amada da Inglaterra desembarcou no Brasil há pouco mais de 1 ano mas já é  sucesso absoluto entre os pequenos brasileirinhos e suas famílias. O desenho Peppa Pig foi criado em 2004 na Inglaterra e atualmente é exibido em 180 países. Recebeu diversos prêmios da indústria da animação, entre eles o BAFTA em 2005 e 2012, e o The British Animation Awards, em 2006.

Peppa, mamãe e papai Pig e Geoge

Peppa, mamãe e papai Pig e George

A Peppa é uma pequena porquinha que vive com seus pais e seu irmão mais novo, George, que adora dinossauros; além do núcleo familiar os porquinhos também convivem com o vovô e a vovó Pig, o amiguinho Danny Dog e uma série de personagens do mundo animal como coelhinhos, ovelhas, cães, gatos, zebras e muitos outros.
Quando conheci o desenho ele acabava de chegar ao Brasil, Valentina ainda não tinha 1 ano e  deixávamos ela assistir televisão só por um curto período da tarde, testamos alguns canais e programas para ver o que ela mais gostava e não teve jeito,  a porquinha foi a eleita.
Núcleo Peppa Pig e seus amigos

Núcleo Peppa Pig e seus amigos

Nós adoramos o desenho porque ele é educativo e transmite mensagens positivas através das questões do cotidiano e da convivência da família. Em alguns episódios  Peppa cuida do irmão mais novo demonstrando  a importância de se desenvolver responsabilidades desde cedo nunca deixando de se divertir, afinal eles são crianças. Em cada episódio são apresentados problemas simples  mas que através da busca das soluções enaltecem a importância da família unida.
As interações entre os personagens são positivas, eles são modelos de bom comportamento, demonstram e expressam seus sentimentos com verdade, ajudam uns aos outros num sistema de cooperação familiar e ao mesmo tempo divertem-se até com as dificuldades.
Peppa e amigos jogando

Peppa e amigos

A semana passada assisti  com minha filhota um episódio onde o carro do Papai Pig quebrou e enquanto o mecânico consertava  emprestou outro veículo para a família. Quando voltavam para casa o Papai acionou um botão que abria a capota e depois não conseguia mais fechar, começou a chover,  Papai Pig apertava todos os botões, dos faróis, do retrovisor, do alarme, de tudo, todo mundo molhado e nada de conseguir fechar a capota do carro. Peppa, George e mamãe Pig tentavam ajudar,  até que o último botão acionado deu certo. Depois da confusão a família da Peppa morreu de rir de todo mundo molhado…
Família passeando de carro

Família passeando de carro

É só um desenho,  mas acreditem, refleti sobre várias questões naquele dia, me coloquei na situação e pensei o quanto ficaria nervosa com meu marido se ele abrisse a capota do carro e nos molhássemos com a chuva, perguntaria por que ele não leu o manual do carro, por que não perguntou ao mêcanico como funcionava…provavelmente não resolveríamos a questão com a calma da família Peppa.
Talvez porque não somos porquinhos integrantes de uma família linda e simpática dentro de um desenho animado, somos humanos, mas sempre é possível apreender,  tentar relaxar e resolver os problemas com mais tranquilidade, afinal se não temos grandes  intempéries na vida, as pequenas questões do dia a dia podem ser solucionadas com calma, amor, e até nos fazer rir, é isso que nos ensina a porquinha.
Minha princesinha vestida de Peppa

Minha princesinha vestida de Peppa

Peppa Pig e sua família são lindos, seus exemplos são lições de autoestima, reforçam a importância de sempre ajudar as pessoas e ensinam  aos nossos filhos o valor da família e das verdadeiras amizades. É claro que não devemos esperar que um desenho animado “eduque” nossos filhos, mas disponibilizar um conteúdo afinado com nossas ideias, com as premissas da nossa casa e com nossos exemplos de vida sem dúvida é bem legal.
Ponto para os ingleses,  que no meio de uma programação infantil tão ruim ao redor do mundo, se destacaram criando essa preciosidade.
Ah, e a família Girocoffee visitou o Parque da Peppa Pig na Inglaterra e vai trazer para vocês TODAS as dicas e novidades desse lugar maravilhoso para levar as crianças.
Aguardem!
Um beijo com todo nosso carinho e ÓINK ÓINK para todos vocês, é assim que a família Peppa faz.
Silvia Lourenço

 

 

Minha vovó quase Rainha nas AVENTURAS DA VALENTINA

2 Apr

Há dias mamãe tenta escrever esse post, coitada, às vezes dá até dó, a cabecinha dela pensa tanto, são tantas informações, tantas coisas para fazer, para escrever, que a gente quase vê  “fumacinha” saindo da “cacholinha” da mamis. Então como não tem tempo para tudo ela acaba priorizando o que é mais importante atualmente: EU, rs, e vai tocando todo o resto como dá.

Bem, mas cá estamos nós, no meio da madrugada, tentando contar um pouco das nossas aventuras. Para quem não me conhece ainda eu sou a Valentina, tenho 1 ano e 9 meses, sou a mascote desse blog, filhota dos blogueiros Girocoffee e neta e bisneta de um bando de gente linda. Sou super privilegiada, tenho 4 avós e 5 bisavós, pasmem é isso mesmo, tenho 5 bisavós de tirar o fôlego de tão fofos e maravilhosos que são, sinto  muitas saudades dos meus Bibis que estão no Brasil, mas hoje a aventura que vou contar é com a vovó Bete que nos visita em terras britânicas.

Eu e a placa do café

Há quase 3  semanas minha avó materna, Elisabete, chegou em Londres para nos visitar, eu acho o máximo minha vovó ter o mesmo nome da Rainha, minha Bibi Silvina conta que quando estava grávida da minha vovó ela leu uma matéria no jornal que falava sobre a Rainha da Inglaterra, então ficou decidido, se fosse menina se chamaria Elisabete, com S e TE no final, para “aportuguesar” a Rainha, ops, o nome da criança.

E como destino é uma coisa que nem sempre dá para controlar e às vezes se revela de forma linda e surpreendente, vovó que conhece outras partes da Europa mas diz nunca ter sonhado em viajar para a Inglaterra, agora está aqui se aventurando em terras reais, e nós temos o privilégio de ter nossa “queen particular” à tira colo. Vóvis está encantada, dá para ver seus olhinhos brilharem, e é para brilharem mesmo, porque nossa cidade é linda e cheia de encantos, ainda mais agora no início da primavera com seus lindos parques, flores e jardins.

Essa é minha vovó Rainha

Essa é minha vovó Rainha

Já fizemos a maior parte dos passeios mais indicados nos guias de Londres: London Eye, Big Ben, Parlamento, Abadia de Westminster, St. Paul’s Church, Hampton Court, Windsor Castle, Kensigton Palace, Tower Bridge, alguns museus, alguns parques, chás da tarde, centrinhos, comprinhas…. ufa, mas ainda falta muita coisa para ver, aliás se ficarmos o ano inteiro visitando lugares ainda assim não conheceremos Londres e suas infinitas possibilidades. Essa semana estamos correndo, papai trabalha na Alemanha enquanto tentamos mostrar mais um pouquinho da cidade para a vovó, e no próximo fim de semana tem surpresa no Blog, IUPI… mas essa é história para outro post.

Vovó Bete, mamãe e eu nos Jardins de Hampton Court

Vovó Bete, mamãe e eu nos Jardins de Hampton Court

Vou terminando por aqui para não cansar nossos “leitores”, na próxima postagem vou contar sobre o passeio na London Eye, e vou falar sobre o combo de tickets que você pode comprar para ter descontos: London Eye, Aquário de Londres, Madame Tussauds e London Dungeon. Alguns deles vale a pena com crianças outros mamãe acha que não. Bem, eu amei o Aquarium London e me diverti muito querendo me jogar lá de cima da London Eye, hehehe. Enlouqueci minha vovó que quase não viu nada e minha mamãe que passa metade do tempo estressada olhando o caminho, comprando os tickets, procurando lugar para trocar fralda, preocupada com a comida, com a volta, com o horário, com o trem…..  e a outra metade do tempo ela passa que nem uma doida correndo atrás de mim (hahaha).

A linda London Eye

A linda London Eye

 

Eu querendo pular e nadar no Tâmisa. Aventureira (rs)!

Eu querendo pular e nadar no Tâmisa. Aventureira (rs)!

Acreditem apesar de tudo isso elas amaram me levar na linda roda gigante com uma das vistas mais bonitas da nossa cidade, a London Eye é imperdível, e mais imperdível ainda são as dicas preciosas da mamãe para que outras mamães e papais não surtem como ela.

Ai, ai, como eu amo essa minha família Buscapé.

Um beijo queridos amigos Girocoffee! Se preparem que vem muita bagunça nas próximas aventuras!

Até lá!

Valentina