Archive | January, 2014

CHÁ DA TARDE NO RITZ EM LONDRES – PARTE 2

27 Jan

Boa noite amigos! Promessa é dívida, demorei mas voltei para contar os detalhes do CHÁ DA TARDE NO RITZ. Se você não leu meu primeiro post sobre nosso chá no último dia 19, sugiro que retorne no blog e clique em NOSSO CHÁ DE REALEZA NO RITZ para saber o começo da história, inclusive porque tem fotinhos lindas da princesa Valentina (rs), mas se você só está interessado mesmo nas dicas do lugar, comidinhas, chá, etc… fique por aqui.

Só para recapitular, o CHÁ DA TARDE NO RITZ é considerado o melhor de Londres e um dos 10 melhores do mundo, e não existe nada mais tradicional na cidade do que tomar um CHÁ DAS 5. Por aqui você vai encontrar inúmeras casas de chá espalhadas pela cidade, além disso é possível encontrar o “ritual do chá da tarde” em hotéis e restaurantes,  e de modo geral nos  pubs e cafeterias sempre tem opções de chás no menu, então não tem desculpa para não apreciar essa maravilha inglesa, onde você estiver com certeza encontrará um cházinho gostoso.

IMG_0652                                                                   CHÁ DO RITZ

As casas de chá costumam ser bem concorridas, e no RITZ existe uma espera de até 3 meses para conseguir um horário no “The Palm Court” como é chamada a Sala de Chá do Hotel, pasmem (3 MESES)  caso você queira uma reserva para o fim de semana. Durante a semana também é muito concorrido e dependendo da data pode demorar pelo menos alguns dias ou semanas para conseguir uma vaga, mas costuma ser mais fácil,  imaginem que é o chá da tarde mais conhecido do mundo, então prepare-se para não perder a oportunidade,  RESERVE COM ANTECEDÊNCIA, essa é a dica número 1.

A dica número 2 é:  Capriche no visual para ir ao RITZ, as pessoas realmente vão bem vestidas  ao The Palm Court. O dress code (indicação de como se vestir) já exige terno e gravata para os homens e proíbe jeans para homens e mulheres, então já pressupomos que os visitantes irão elegantemente vestidos. Óbvio que não é festa de gala, não vi ninguém de vestido longo ou casquete na cabeça (rs), mas vi casacos de pele e até brilhos e paetês. Sinceramente, você vai ver de tudo, porque são pessoas do mundo inteiro, mas eu acho que o que usaríamos para ir a um coquetel no Brasil, o conjunto tailler ou vestido + salto alto está de acordo e de bom tamanho… o importante é lembrar que homens precisam terno e gravata,  e jeans nem pensar.

Dica número 3: A julgar pela qualidade das fotos do meu post já deu para perceber que não fotografamos com uma câmera boa né? Foi tudo com nossos celulares… pois é, a “esperta” aqui não levou a câmera fotográfica porque achou que não era permitido fotografar. Quando chegamos observei que não tinha uma “pessoínha” sequer naquele salão que não portasse uma câmera a tira-colo (é exagero, mas muita gente estava fotografando), vi até umas senhorinhas fofas filmando. Prometo que nunca mais eu  saio da minha “Bat-caverna” sem máquina, se não puder fotografar pelo menos ela vai dar uma voltinha com a gente…

IMG_0649                                                  TETO DO THE PALM COURT

Entramos no salão.  Nossa mesa já estava estrategicamente montada numa das laterais da sala, encostada  em uma lindíssima escultura dourada. A cadeirinha da Valentina já ocupava um dos lugares da mesa e quando o Dani viu a quantidade de porcelanas finíssimas começou a entrar em pânico. Eu só ouvi: “Eu acho que não deveríamos ter trazido a Valentina…” (rs). Olhamos para um lado, para o outro, e só a gente com criança. Tentei me acalmar para não deixá-lo ainda mais nervoso, e fiz um discurso do tipo:”Vai dar tudo certo, ela tinha que estar com a gente nessa comemoração…” Nessas situações um segura o outro, senão a gente “pira”, além do mais eles permitiam crianças e montaram uma estrutura para nos atender, então tínhamos que tentar aproveitar ao máximo.

Em todo caso em 30 segundos fiz “reza dinâmica”,  tipo leitura dinâmica mesmo, rezei 7 “Pai Nossos” e  trezentas “Ave Marias”, que também é mãe e entende o que a gente passa, e pedi para nossa princesa se comportar literalmente como uma princesa da Corte Britânica, para não termos que ir embora mais cedo. E foi dada a largada: meu desafio era tomar chá, champagne, chá, champagne, observar todo aquele salão, as comidinhas, as pessoas, degustar as delícias, tirar fotos para o Girocoffee, e controlar uma criança de 1 ano e 7 meses. Vou ser sincera, me parecia mais fácil plantar bananeira em um avião enfrentando uma turbulência do que segurar a Valentina por 2 horas sentada na cadeira. Mas lá fomos nós com fé que a noite seria LINDA, como o dia começou.   

DaniDaniel com sorriso “meio amarelo” ainda com medo da Valentina fazer “escândalo” coisa bem comum na idade dela, ou querer sair correndo no meio do salão, coisa que ela adora fazer, ou derrubar alguma louça caríssima do século passado, aí sim estaríamos perdidos.

Chá 4                                     ESCULTURA AO LADO DA NOSSA MESA 

IMG_0656                      Valentina alimentando seus cachorrinhos.

Chá 2                                                                  DETALHES

Mas aí a noite começou lindamente, brindamos nossos 6 anos de casamento e meu aniversário e  a essa altura do campeonato eu já estava impressionada com a mesa, nunca tomei um  chá com tanto requinte e sofisticação, tudo servido em prata, cristais e porcelana fina. Observando os detalhes víamos em tudo a marca do Ritz, nos guardanapos de linho, louças, taças, até na prataria tinha o símbolo do Hotel. Vejam as fotinhos abaixo!

IMG_0666                                DETALHE DA MARCA DO RITZ NAS TAÇAS

IMG_0664                SÍMBOLO DO HOTEL NO TOPO DA CHALEIRA DE PRATA 

Acho que um dos momentos mais bacanas é a escolha do Chá, eles tem um menu especial com uma seleção impressionante de blends, eu que estava mais compenetrada em distrair minha pequena do que qualquer outra coisa não aproveitei muito esse momento, bati o olho e escolhi uma infusão de Jasmine com flores, sem nem olhar os demais, o garçom nos contou  posteriormente que era um dos melhores do cardápio, que SORTE, era realmente maravilhoso. Eles trazem um bulê individual para cada um,  e permitem que você troque ao longo do serviço para conhecer outros sabores, eu me mantive no meu floral do início ao fim, era deslumbrante e harmonizou muito bem com tudo o que degustei.

IMG_0659

IMG_0651                    SELEÇÃO DE BLENDS DE CHÁS. SENSACIONAL! 

IMG_0653              MEU CHÁ DE JASMINE SERVIDO PELO MARIDÃO 

E as comidinhas? Senhor, que maravilha dos deuses,  em uma bandeja de porcelana de 3 andares eles servem uma  seleção de finger sanduíches de diversos sabores, o que eu mais gostei foi o de salmão; depois vem os scones quentinhos, uma espécie de mini pãezinhos super tradicionais servidos com geléia e creme de manteiga, esse é para comer ajoelhado,  e por fim uma seleção de doces, que também estavam deliciosos, especialmente o de banana, que é o lançamento. Durante todo o serviço um garçom passa com um carrinho entre as mesas servindo  2 tipos de bolos, um estilo caseiro, e outro recheado.

IMG_0658                                                   DOCES 

IMG_0657                                      FINGER SANDUÍCHES

IMG_0663       Bolo de chocolate, cobertura de macadâmia com amêndoas

Ah,  e o final da “TARDE DE CHÁ NO RITZ”  teve “gran finale“, cereja no bolo, ou seja, terminou com chave de ouro: maridão encomendou um bolo especial para mim, e ao som do Piano ouvi Happy Birthday com todo o salão cantando junto e aplausos no final, e quem soprou a velinha foi nossa Valentina, QUE SE COMPORTOU COMO UMA VERDADEIRA PRINCESA, brincou com seus cachorrinhos, seus brinquedinhos, comeu passas, pãezinhos e não saiu nem um momento da sua cadeirinha.  Se alguém conseguir imaginar um aniversário mais feliz do que esse me conte, porque meu niver DUPLO de 2014 foi simplesmente perfeito, com surpresinhas, muito chá e AMOR.

Bolo                                      MEU BOLO SURPRESA

Nina, Mamis, Papis                          FAMÍLIA GIROCOFFEE SUPER FELIZ!!!

Temos vídeo do Parabéns mas postarei depois.

SERVIÇO E INFORMAÇÕES: 

Site: http://www.theritzlondon.com/tea.html

Endereço: 150 Piccadilly, London W1J 9B

Tel: +44 (0) 20 7493 8181

Queridos, espero que continuem nos acompanhando nas nossas aventuras e que todos possamos ter sempre MARAVILHOSAS TARDE DE CHÁS, independente de ser na Terra da Rainha ou não.

Até a próxima!

Silvia

Advertisements

NOSSO CHÁ DE REALEZA NO RITZ EM LONDRES

23 Jan

Meu dia 19 de janeiro não poderia ter sido melhor, desde de que chegamos em Londres foi o DIA MAIS ENSOLARADO de todos, juro que não é conversa de pescador, quer dizer, de jornalista querendo “puxar a sardinha para seu lado” ou transformar seu post em algo atrativo e bacana. É VERDADE e eu tenho fotos para comprovar, ESTAVA UM DIA DESLUMBRANTE, e a família @GIROCOFFEE  já saiu cedo para aproveitar.

Pescadores no Rio TâmisaE por falar em pescadores olhem eles aí na foto em segundo plano, lá embaixo no Rio. Acreditem, essa era a paisagem do 19 de janeiro. Valentina vendo os meninos pescarem.

Para quem não sabe no último dia 19 foi meu aniversário, e também aniversário de casamento, domingo fez  6 anos que juntamos as escovas, os lençóis, as roupas no armário, parari e parará.. pela manhã saímos para tomar café fora e passear pelas margens do Tâmisa, ao lado de casa. Foi uma manhã linda, Ninoca se divertiu muito correndo pelas margens do Rio. Observamos os pescadores, as crianças, os cachorros, e agradecemos o SOL, ah um SOL maravilhoso que nos esquentou nessa linda manhã!

IMG_0634Por aqui é muito comum nesses dias mais bonitos ver o pessoal tomando café na frente do Rio. Existem vários restaurantes no nosso bairro com mesas e vista para as margens do Tâmisa.

IMG_0628                                 Meus amores caminhando.

IMG_0638 Nina e Papai ficaram um tempão ali, observando nossa ponte. Sim, para o nosso coração essa ponte é nossa (rs). 

O resto do dia e boa parte da tarde passamos em casa para descansar porque para a comemoração dupla Papai preparou uma SUPER NOITE para nós 3. Nós fomos tomar o CHÁ DA TARDE MAIS FAMOSO DE LONDRES, no HOTEL RITZ, isso mesmo, ele não só é o mais maravilhoso chá da cidade, acredito que do país, como é considerado um dos 10 melhores e mais famosos CHÁS do MUNDO.

Imaginem minha ansiedade para chegar lá. Dani reservou nossa mesa com muitos dias de antecedência, ainda assim só tinha um horário disponível, o das 19h30 (ou seja foi um chá da tarde meio jantar). Maridão certificou-se que poderíamos levar a Valentina e que eles teriam acomodação para ela e disponibilidade de nos receber com criança. Para tomar o Chá da Tarde do RITZ você precisa estar vestido à rigor, é um LUXO só, eles exigem que os homens estejam de terno e gravata, e jeans é terminantemente proibido para homens e mulheres;  não me perguntem se alguém for de jeans o que acontece, não sei e nem me arriscaria. Fiz as unhas, uma escovinha básica, me montei no salto alto, arrumei minha princesa e lá fomos nós.

Chá 1                                   Papai, Nina e eu saindo de casa.

Chegamos no Hotel e sem dúvida é o mais lindo que já entrei na vida, e com certeza o mais clássico e luxuoso de Londres, há um ar nostálgico de século passado, aliás, o Ritz de Londres tem mais de 100 anos e é impressionante como apesar das reformas eles conseguiram manter esse estilo tão tradicional, antigo e suntuoso que parece realmente nos “transportar” ao passado, no melhor sentido que isso pode ter… é tudo dourado estilo Luís XVI; a decoração, móveis, vitrais, lustres são de uma opulência sem igual,  os vasos,  as flores, as esculturas, é tudo simplesmente MARAVILHOSO, fiquei encantada logo ao atravessar a porta giratória da entrada.

Assim que chegamos nos direcionamos para o SALÃO DE CHÁ, onde nos solicitaram aguardar junto com nosso grupo que já estava no local e em poucos minutos já seríamos chamados. Enquanto isso podíamos guardar os casacos na chapelaria e escutar uma linda pianista que tocava um repertório que ia  de músicas clássicas a canções da trilogia do James Bond. Sensacional, Dani adorou! E para nossa surpresa vocês não vão acreditar em quem também AMOU as músicas,  e ficou quietinha sentada ao lado da pianista com os olhinhos vidrados nas teclas do instrumento, isso mesmo, nossa pequena Valentina (rs).

IMG_0643                        Entrada do SALÃO DE CHÁ DO RITZ.

Chá 3Eu e Nina caminhando em frente ao SALÃO DE CHÁ enquanto aguardávamos ser chamados. 

IMG_0639                                   Nina observando a pianista. 

IMG_0641                              Nina e A PIANISTA, paixão!!!

IMG_0644

IMG_0646                                                               Nina e Papai.

Amigos, vou dividir o post em 2 porque ele está muito longo.  No próximo vou focar nos chás, delícias e dicas para quem pretende conhecer essa maravilha em Londres. Mas só vou escrever amanhã porque já são 2 da manhã e provavelmente só terei 5 ou 6 horas de sono por hoje, hehehe. Não percam cenas do próximo capítulo, vou fazer igual o Walcyr Carrasco e guardar o melhor da novela para o dia seguinte, para dar mais ibope (rs).

Um beijo muito “cafeinado”, aliás muito “chafeinado” para os amigos da família @girocoffee.

Até amanhã queridos!!!

Silvia

19 DE JANEIRO, VOCÊ CHEGOU

18 Jan

Já passa da meia noite em terras Londrinas. FINALMENTE CHEGOU MEU 19 DE JANEIRO, dia de comemorar meu aniversário e minhas Bodas de Perfume, ou Bodas de Açúcar. No dia em que eu e Dani dissemos SIM no altar, há exatos 6 anos, minha vida se tornou muito mais perfumada, açucarada, cheia de desafios, superações, aventuras, alegrias e principalmente AMOR. Que bom, que bom, que bom que você chegou meu ANIVERSÁRIO DUPLO. Agora estou indo nanar, tomara que eu tenha um SONO DE RAINHA porque amanhã cedo começa nosso dia especial.

Ah, aí embaixo está a imagem de um PERFUME, o perfume VALENTINA, em homenagem aos nossos 6 anos de casamento e ao nosso perfume mais precioso, que há 1 ano e 7 meses enche nossa casa com seu cheirinho de felicidade. Nossa pequena VALENTINA é fruto do nosso coração, do nosso desejo e consagração do nosso AMOR.

Um beijo cafeínado nos amigos de plantão!!!!

Um lindo domingo à todos!

Silvia

valentina-edp-50ml-body-milk-100ml

MEU GOSTO PELA COZINHA, HERANÇA PORTUGUESA COM CERTEZA

17 Jan

Eu adoro cozinhar, sempre tive uma “quedinha” para a cozinha, talvez inspirada nas panelas da minha avó materna, que apesar de fazer comidas mais triviais no dia a dia, sempre foi uma cozinheira de mão cheia e tem lá seus segredinhos e receitas de família como a chanfana (prato típico português feito com carne de carneiro, mas minha avó morando no Brasil adaptou para a carne de vaca, que é assada em litros e mais litros de vinho tinto) e as famosas “filhoses da vó”, bolinhos de abóbora, receita também portuguesa, que só minha vóvis consegue acertar o ponto.

bandeira-brasil-portugal

Família portuguesa com certeza, sabe como é, gostamos de comer bem, e quem quer apreciar  tem que saber fazer, é assim que aprendi na minha casa. Muita gente me pergunta se comecei a gostar de culinária nos anos que trabalhei no Mais Você, sempre tento explicar que eu fazia parte do jornalismo do programa, ou seja, não estava ligada diretamente à culinária, e eu nem era frequentadora assídua da cozinha (no fim das gravações muitos colegas iam degustar as delícias), Maria  Helena que é minha super amiga e dirigia a gastronomia do Mais Você pode confirmar que eu não aparecia muito pelas dependências “culinarísticas” do programa, embora muitas vezes não me faltasse vontade, rs. Eu sempre esperava as reuniões de pauta onde rolavam delícias, e  atacava os bolos de aniversário que vez ou outra surgiam na redação.

Festa Mais Você 062Esse bolinho MARAVILHOSO com macarrons foi da Vivi e da Bibi que “aniversariam” em dezembro. 

Festa Mais Você 096   Como eu não aguento e sou tiete do meu povo, vejam uma fotinho desse dia. Aí tem gente que eu amo muito!!! ETA FAMÍLIA MAIS VOCÊ PORRETA, igual a essa tá pra nascer, hehehe!

Bom, voltando à cozinha,  acho que o negócio veio do berço mesmo, aos 11, 12 anos eu já fazia uma torta de limão que todo mundo adorava, depois de um tempo o povo até enjoou, era torta todo fim de semana. Durante toda minha adolescência frequentei o trabalho da minha mãe, que teve uma padaria durante 10 anos no centro de São Paulo em frente à Santa Casa de Misericórdia. No período do almoço eles serviam refeições, aquele famoso “prato feito”, imaginem a quantidade de comida que era servida nesse horário. Se quisessem me encontrar na época das férias escolares era só dar um pulinho na cozinha da padoca (como eu sempre chamei carinhosamente a padaria da mamis), porque  eu certamente estava por lá, com toquinha na cabeça, ajudando as cozinheiras a cortar batatas, cenouras, fazer a salada de maionese, ah, e eu adorava montar as pizzas que eram servidas na copa… meu negócio era o backstage, era a cozinha mesmo.

Uma das minhas maiores especialidades era TIRAR CAFÉ ESPRESSO. Isso mesmo, me lembro direitinho do dia que o Ribamar, um dos gerentes da padoca, me ensinou a fazer o café na máquina, era como se eu tivesse descoberto a América, uma felicidade sem fim, e quem disse que eu queria sair da copa? Nem a cozinha tinha mais graça.  Mas os clientes queriam o café rápido, eu não tinha habilidade, então quando aparecia algum  mais antigo, mais paciente, eles deixavam eu me aventurar. Pois é, eu já era barista de coração, e nessa época nem existia essa profissão no nosso país. Mas no final das contas a cozinha era só diversão, nunca pensei em levá-la a sério, em trabalhar com isso, a comunicação sempre foi minha marca mais forte, estava nas veias, desde os 13 anos  já sabia que seria jornalista.

maquina+de+caf+eacute+expresso+italian+coffee+recife+pe+brasil__7C8C49_1                                 A máquina da padoca era igualzinha a essa. Deu até saudades!!!

Depois da adolescência veio a faculdade, pós, MBA, comecei a trabalhar com 17 anos, com 18 já estava na Globo; trabalho, estudos,  família, namorado, amigas, cinema, diversão… faltava tempo para me aventurar entre as panelas. Depois de casar também não fiz nenhum retorno triunfal (rs), o trabalho  sempre avassalador,  não me permitia ter tempo para mais nada. Ainda assim de vez em quando rolava em casa uma nova receita de bacalhau, o velho suflê de camarão que toda a família gosta, entre outras gostosuras… depois que a Valentina nasceu aí o pouco tempo que sobrava se esvaieceu de vez, mal conseguia dormir,  lavar o cabelo, como é que eu poderia cozinhar???

Nesse período minhas poucas aparições pela cozinha eram para fazer a comidinha para a Valentina quando ela começou a comer, ou ainda orientar quem cuidava da nossa casa e das nossas refeições, e olhe lá. De repente nossa vida virou de pernas para o ar,  mudamos para Londres,  e com  as inúmeras mudanças veio também a novidade/oportunidade de cozinhar para minha família. E no meio de tanta coisa nova para apreender e nos aventurar,  tem dias que a nossa cozinha londrina está  uma alegria, mas tem dias que ela está um caos… e não tem sido fácil adaptar as receitas, achar os ingredientes no supermercado, apreender sobre as carnes, peixes diferentes,  achar outras soluções para o que não encontramos aqui. O bom é que em Londres sempre tem comidas prontas que são ótimas, então vira e mexe somos salvos nos 45 minutos do segundo tempo, mas ainda assim tem as comidas da Nina, e essas eu faço questão de serem fresquinhas e feitas em casa, e aí é que entra a complicação…

Mas tudo isso eu vou contar em um segundo post, onde vou escrever sobre as adaptações, a carne inglesa com quem travei uma batalha e não consigo vencer, rs, os ingredientes diferentes, as receitinhas da minha cabeça, o que tem dado certo, o que tem dado errado e dicas do que fazer quando estiver morando e cozinhando por aqui…

Até lá pessoal,

Bjos e ótimo fim de semana!

Silvia

chanfana

Ah, encontrei a imagem dessa chanfana na internet, essa é a que mais parece com a que a minha avó faz, ela também usa uma panela de barro e deixa bastante molho de vinho, diz a lenda que meu avô amava tanto esse prato que misturava esse molho com vinho e tomava, no copo mesmo… eu não gosto nada da idéia, mas minha avó jura de pé junto que é verdade. Coisas, receitas e histórias de família cheias de lembranças e amor. 

AMIGA GIROCOFFEE TESTA DRINK CIOCCORROSO

7 Jan

Nossa amiga no Face Raquel Serrano Grassia, e seguidora do nosso blog Girocoffee experimentou a receita do drink com a cápsula do Nespresso Cioccorroso,  que postamos aqui no último dia 02. Ela nos mandou uma foto e suas impressões do drink, ADORAMOS O FEEDBACK!!!

Vejam o que ela contou para nós e a foto LINDA do drink que a Raquel nos enviou:

“Eu adorei o drink com o cioccorosso!! Eu não sou a maior fã de café, diferente do meu marido, que adora e toma sempre os mais fortes da nespresso (Darkan, Ristretto e Kazaar), mas eu adoro essas edições limitadas que eles fazem, com aromas e sabores! Adorei o caramelitto, e esse achei um espetáculo de bom!”

Raquel nos contou ainda que o drink ficou uma delícia, bem refrescante, mas para o gosto dela poderia ter ficado um pouquinho mais doce e com mais soda, para dar uma diluída melhor no café, dando mais equilíbrio, e ela alerta: “Ah, e precisa mexer antes de tomar, pro café ficar adocicado com o xarope,  mas é uma delícia!!!! Tomei, adorei e com certeza farei mais vezes, tentando agora deixar mais do meu gosto!” – finaliza.
Obrigada Raquel, esperamos você e seu marido sempre por aqui e adoramos sua mensagem e a foto do seu drink!
Cioccorroso
E você amigo Girocoffee que também quiser participar no nosso blog é só nos enviar uma foto do seu café, uma crítica de um restaurante, alguma dica de viagem ou uma receitinha de família especial. Nossos e-mails são silvia@girocoffee.com.br e daniel@girocoffee.com.br.
Beijos “cafeínados”!
Silvia

DRINK COM CIOCCOROSSO NESPRESSO PARA VERÃO

2 Jan

Queridos amigos Girocoffee,

A Nespresso preparou para nós, que somos membros do Club, uma receita super bacana para as festas de fim de ano e verão, mas como pelos lados da Terra da Rainha  é inverno, estamos com mais ânimo para bebidinhas quentes,  mas espero que vocês aproveitem, é com o novo sabor CIOCCOROSSO.

INGREDIENTES: 

– 40 ml de Cioccorroso (medida referente à 1 cápsula)

– 150 ml de soda limonada

-20 ml de xarope de frutas vermelhas

– Gelo

COMO PREPARAR:

Coloque 20 ml de xarope de frutas vermelhas em um copo e complete com 5 pedras de gelo. Coloque 150 ml de soda limonada lentamente deixando espaço para o café. Extraia uma cápsula de Cioccorosso na sua Nespresso, e em uma coqueteleira misture o café e 3 pedras de gelo, bata bem até ficar gelado. Coloque o café lentamente na parte superior do drink e sirva imediatamente.

Divirtam-se!

cioccorosso

QUERO MAIS TEMPO PARA “BLOGUEAR” EM 2014

1 Jan

Começa 2014 e eu não sei por onde começar, essa é a mais pura verdade, no primeiro dia do ano eu já me sinto perdida. Pensei que com a mudança para Londres eu fosse ter tempo para alguns projetos que estavam na gaveta e agora sim, finalmente eu vou conseguir tocar, mas são tantas informações, tanta pesquisa, tanta entrevista, tanto, tanto,  tanto….  e falta tempo, esse precioso tempo que me arrasta pelos anos, com quem eu brigo o “tempo todo”, que parece não gostar de mim, ou  sou eu é que pareço não gostar dele, porque sempre estou insatisfeita, querendo-o mais e mais e mais. Vivo devendo tantos posts nesse blog para meus amigos que tenho até vergonha de pensar, e sempre culpo o tempo.

Há 3 meses uma amiga pediu que eu fizesse um guia com dicas para ela passar 10 dias em NY, eu prometi escrever e até colocar no blog, mandei uma mensagem agora e ela me respondeu que já foi e já voltou, e minha cara de “tacho” onde fica? Faltou tempo. Um cliente me pediu dicas de Paris porque ele vai passar férias na cidade com a família,  aliás deve estar lá, eu peguei um texto que escrevi para uma revista e enviei para ele, com dicas gerais da cidade. Vergonha total, mas foi isso que consegui, não deu tempo.

Todos os dias tiro fotos dos cafés, e são muitos;  não dá tempo de postar; tiro fotos das paisagens dos passeios, não dá tempo de postar; tiro fotos das comidinhas, não dá tempo de escrever as receitas;  tiro foto dos restaurantes, não dá tempo de descrever os menus, nossas impressões, como foi, quando foi,  etc, etc, e tal…Se eu contar os rascunhos que temos para postar nesse blog vou levar um xingo, o primeiro “não postado” é de um restaurante MARAVILHOSO, estrelado pelo Michelin, que fomos em Lyon na França em 2008, o Alexandrin (coisa mais maravilhosa do mundo). 2008? É 2008, então dá para me mandar ir “catar coquinho” ou não dá??? Foi lá que começamos a escrever e organizar o blog, coitadinho do Girocoffee, falta tempo para ele também.

DESEJO DE TODO CORAÇÃO E ALMA que em 2014 eu consiga me organizar para tocar meus projetos e ter um pouquinho mais de tempo para meu bloguinho amado,  e para meus amigos queridos que sempre entram por aqui para saber as novidades, ou seja, preciso postar o “raio” das novidades, né. Prometo, prometo, prometo que vou me esforçar muito para postar mais nesse espacinho que eu amo tanto, que é sempre tão cheio de carinho e de cheirinho de café. Em 2014 culparei menos o tempo e vou tentar aproveitá-lo melhor.

Para finalizar esse post quero dividir com vocês umas imagens LINDAS que recebi de uma pessoa muito especial, que está sempre me dedicando um pouco do seu tempo, pensou em mim quando viu essas fotos e me escreveu: “Lembrei de você primeiramente pela árvore de natal que é igual a que você montou neste seu ano de Natal Londrino e também pelo aconchego da casa, depois pelo delicioso cafézinho que gostamos tanto, o gatinho com o lacinho rosa que eu acho que a Valentina iria adorar brincar, carregar, se encantar e, finalmente, a rosa cheia de neve, lembrando a “lindeza” das rosas inglesas.”

Que bom encontrar no caminho da vida amigas como essa, que lembram da gente em momentos tão singelos e especiais.

Um beijão cafeínado aos meus amigos @girocoffee.

2014 RECHEADO DE DELICIOSAS CONVERSAS REGADAS A CAFÉ PARA TODOS VOCÊS, E TEMPO, TEMPO PARA DESFRUTAR DE BOAS RISADAS COM OS AMIGOS!!!

Vejam as fotinhos que lindas!!!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Fotos publicação Nefes & Breath

Silvia